Autor: Felipe Viz

Legacy Systems

A liderança assume uma importância fulcral no atual contexto de permanente mudança organizacional. O líder não só deve representar a linha condutora em relação à equipa, como também deve ter uma perspetiva global da organização e ser capaz de comprometer os colaboradores com os objetivos estratégicos da empresa.

Um líder é por natureza um indivíduo capaz de influenciar, motivar e habilitar outros para lutar por um objetivo. No mundo empresarial o objetivo é claro e comum: alcançar o sucesso da organização criando condições eficazes para atingir o máximo empenho e satisfação entre os colaboradores e a gestão.

Deve-se mexer em contextos de permanente definição, em contínua mudança e por consequente em permanente risco. Os líderes devem ser carismáticos, inspiradores, dinâmicos e com visão, no entanto, estas características inatas ao sujeito não são suficientes. Atingir a excelência só é possível com base na desmonstração de atitudes bem-sucedidas: reconhecimento dos colegas ou subordinados; persistência; autoconfiança; flexibilidade; resistência à frustração; capacidade de partilha; conhecimento das pessoas da equipa e das suas capacidades; assertividade; estabilidade emocional e capacidade de controlo e avaliação.

A liderança não se manifesta num ambiente isolado, desenvolve-se num ambiente dinâmico, interligado e colaborativo – a própria organização. Quem pretende ser um bom líder, deverá portanto procurar desenvolver ou criar capacidades eficazes nos seus colaboradores, envolvendo-os responsavelmente nos objetivos e inspirá-los na visão organizacional, para que esta se torne uma missão comum.

É fundamental aplicar a experiência desenvolvida e o bom senso em cada decisão para saber quando, como e com quem deve usada cada driver em que assenta a liderança: dirigir, persuadir, participar ou delegar.

O líder deve estimular permanentemente a criatividade e o aumento do desempenho da sua equipa, deve mostrar que acredita na equipa e vice-versa. Só assim o sucesso da organização será viável.

Pergunto-lhe: com quantos verdadeiros líderes já se cruzou na sua vida profissional?

Publicado a 11-08-2016 na Human Resources

http://hrportugal.pt/2016/08/11/a-eficacia-da-lideranca/